VAHALI

Live Earth

Get Adobe Flash player

Porquê nosso site ficou preto?

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

Novo movimento na internet cria web design ecológico usando cores que exigem menos energia para serem exibidas nos monitores de vídeo.

EscalaCoresAcaba de surgir um novo movimento no mundo da internet, baseado em um conhecimento antigo mas que andava esquecido: monitores de vídeo gastam mais energia para mostrar a cor branca do que a cor preta.

Para exibir a cor branca, os monitores de vídeo gastam cerca de 74 watts, enquanto uma tela preta consome 59 watts. O fenômeno ocorre porque os monitores compõem os diversos tons a partir da combinação de outras cores. Para apresentar o branco, é preciso usar todas as cores e para apresentar o preto, é quase como ficar apagado. Assim, cada cor consome uma quantidade específica de energia, dependendo da quantidade e dos tipos de tons que precisam ser misturados para apresentá-la. Veja ao lado uma escala de gasto médio de energia para exibição de algumas cores. As medições foram feitas por profissionais da Rising Phoenix Design, a empresa líder do movimento BlackBack Web Theory (Teoria do Preto de Volta à Web).

Baseado nessa escala foi criado o padrão chamado Emergy-C, um conjunto reunindo as cinco cores que demandam menos energia, mais o branco que deve ser usado para as letras. Para ter uma noção da aparência de um site baseado na Emergy-C, você pode visitar o EcoIron, um blog voltado para o ambientalismo na informática. O autor desse blog, Mark Ontkush fez um cálculo interessante, com os dados da Emergy-C. Considerando que a página do buscador Google recebe cerca de 200 milhões de visitas por dia, e estimando que cada internauta fique, pelo menos, 10 segundos fazendo a consulta, se a cor de fundo da página fosse preta, em vez de branca, haveria uma economia de 750 MWh por ano. Não é pouco. Essa energia seria suficiente para abastecer 284 famílias-padrão durante esse ano.

EMERGY-CPensando nisso, Ontkush faz um apelo para que o Google adote o preto como cor de fundo, e de quebra recomenda que todos que desenham sites, pensem em aderir ao web design de baixa wattagem. Essa economia é mais significativa nos monitores de tubo de raios catódicos (ou seja, aqueles modelos maiores em profundidade, tanto os monitores de computador quanto os aparelhos de televisão) e dos novos de plasma (tv´s, monitores de computador e também palm-tops). As telas de cristal líquido já são mais econômicas por natureza.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa VAHALI em 05/02/2010

 

 

Espaço Seguros

Publicidade